Copy

Sábado, 15 de Novembro, 2014
“TESTEMUNHO DE CASAMENTO RESTAURADO: FABIOLA”

 
 



Aconchegue-se com o Senhor

e se concentre Nele.

Escute-O falando com você!

Extraído de Devocional Diário de Erin

Minha Amada

15 de Novembro

 

“Pois o Senhor aprova o caminho dos justos, mas o caminho dos ímpios leva à destruição!” (Salmos 1:6).

 

Amada, o Senhor conhece e direciona os seus passos. Ele os ordenou e é Fiel para lhe guiar e direcionar. Busque-O e busque os Seus caminhos. Permita que Ele ordene os seus passos para Ele, para a justiça, para a restauração. Ele é Fiel para com aqueles que O buscam com fervor de todo seus corações, almas e mentes.

Amada, não devemos ignorar ou levar levianamente a segunda parte deste verso. Deus diz que o caminho do ímpio perecerá. Seu amado pode estar buscando inúmeras coisas ímpias, mas em breve, oh, muito em breve, esse caminho perecerá. Confie em Sua Palavra, nesse versículo para que você seja livre da preocupação do que o seu amado disse que ele ou ela faria e livre de usar o seu tempo e energia de até mesmo pensar sobre isso! Confie no Senhor oh povo! Cante louvores ao Seu Nome!!!

TESTEMUNHO DE CASAMENTO RESTAURADO

 

Leia como essa mulher
aplicou os princípios da Palavra de Deus e
confiou em Deus para
a restauração de seu casamento!

 

Enviado por: Fabiola em Minas Gerais que está fazendo um dos cursos reconstruindo.


“Cravei Provérbios 21:1 no meu coração”


Desde a época do nosso namoro tínhamos muitos problemas, divergências de pensamento, dentre outros. Brigávamos muito, terminávamos e voltávamos o tempo tempo. Depois que nos casamos foi pior ainda. A gente não soube lidar com a nova vida, com as responsabilidades. Eu me sentia frustrada com aquele casamento, e meu marido também. Nenhum dos dois estava cumprindo com seu papel de marido / esposa e tudo a cada dia só ficava pior. A questão financeira também começou a pesar, não estávamos bem na casa, não conseguíamos vendê-la, estava tudo derrotado e numa grande confusão.

O ponto mais difícil foi quando agente não se entendia mais. Não falávamos a mesma língua, se a gente brigava ficava dias sem se falar. Ele dormia em outro quarto, ora eu dormia. Não tínhamos mais intimidades. Até que ele resolveu sair de casa. Eu naquele momento sofri, mas cheguei a pensar que fosse melhor. Eu não aguentava mais tanto sofrimento. Ser diminuída, humilhada. Eu achei melhor que ele fosse embora mesmo, talvez eu tivesse chance de ser feliz. Mas eu sofri ainda mais. Eu conhecia a Palavra e sabia que Deus não queria aquilo. Eu não queria outro homem. Eu queria o meu marido, mas eu queria um casamento de verdade também.

Foi então que comecei a ouvir conselhos, cada um falava uma coisa. A pastora da igreja até me encorajou, disse que ele voltaria, me ajudou em oração, mas eu precisava de mais. Eu precisava de respostas. Foi ai que Deus me direcionou para este ministério. Num dia de muita angústia eu entrei na internet e comecei a pesquisar por algo que nem eu sabia bem o que era. Até que encontrei esse ministério. Foi ai que encontrei respostas para minhas dúvidas, Deus falou muito comigo, me esclareceu, me encorajou.

Fiz minha inscrição para os cursos, para o encorajamento, lia e relia e Deus foi me mostrando meus erros. Meus tantos erros... Nossa, eu vi que meu marido errou sim, mas que eu, por conhecer a palavra errei muito mais. Fiquei triste e decepcionada comigo mesmo. Pedi perdão a Deus, e quanto tive uma oportunidade pedi a meu marido também. Ele não me procurava , mas tinha dias que eu estava tão desesperada que mandava mensagens, ora chingando ele, descarregando minha raiva, ora pedindo perdão, implorando atenção. Eu tentei de tudo. Chantagens. Ameaças. Não quiz assinar o divorcio. Era tudo tão confuso...

Depois Deus foi acalmando meu coração. Foi me dando sabedoria e eu passei e me controlar mais. Deixei ele ir. A única coisa que eu não conseguia era dizer a ele que eu assinaria o divórcio. Vi em uma lição que falava sobre isso que devíamos segurar este impulso um pouco, mas que não deveríamos ficar no caminho do nosso marido. Doeu muito, pois eu sabia que não poderia segurá-lo por muito tempo, que eu tinha que deixá-lo ir. Depois disso fiquei mais quieta, sofrendo muito mas fiquei. Eu jamais soube que tinha OM na vida dele. Ele sempre negou. E eu também nunca fiquei sabendo. Ele dizia apenas que não combinávamos, que eu seria mais feliz sem ele e que ele ia tentar também ser feliz, apesar que estava tão frustado e desanimado que não via como isso acontecer.

E diante de tanta coisa ruim emanando dele, comandado pelo inimigo eu busquei a cada dia me aproximar mais e mais de Deus. Eu chorava pelas madrugadas nos pés do Senhor. Eu orava, jejuava, clamava a Deus pelo meu casamento. Eu me derramei diante de Deus de todo meu coração e ele começou a trabalhar em mim.

O primeiro versículo que eu li em uma lição e o decorei foi: “Como ribeiros de águas assim é o coração do rei na mão do SENHOR, que o inclina a todo o seu querer.”
(Provérbios 21:1) Eu cravei este verso no meu coração e o falava toda vez que a situação parecia que não iria se resolver. Eu sabia que o coração do meu marido era duro, e que estava fechado, mas eu confiei mais neste verso do que no que eu estava vendo. Pois o meu Senhor pode mudar qualquer situação. Fora os princípios que fui aprendendo como o deixar ir, não ficar procurando atoa, o falar com mansidão quando houvesse a oportunidade de contato, dentre vários outros do livroComo Deus Pode e Vai Restaurar Seu Casamento”.

Foram vários momentos difíceis e sem esperança. O dia em que ele arrumou suas coisas e saiu de casa foi bem complicado. As vezes em que nos falávamos e ele me dizia que seria melhor cada um seguir sua vida. As vezes que ele me procurava e era só pra me pedir pra assinar o divorcio. Tudo isso doía e sangrava em mim.

O tempo foi passando e ele começou a me procurar para assinar o divorcio. Eu sabia que era o inimigo tentando tirar minha paz, mas também sabia que eu teria que resolver as coisas com ele. Eu ignorei por um tempo as vezes que ele tocava nesse assunto e continuei firme em oração. Pedi a Deus que se fosse possível não me deixasse passar por isso, mas que se fosse necessário que ele me desse forças. Que eu faria o que Ele me guiasse a fazer. Que eu não aguentava mais tudo aquilo, que eu só queria que Ele ficasse comigo, que fosse o meu Marido, o meu Pai, que Ele fosse Tudo na minha vida. Foi ai que a virada aconteceu.

O meu marido me ligou e disse que tínhamos que conversar, que a gente precisava resolver nossa vida e que iria na nossa casa aquele dia a noite. Me arrumei e esperei ele. Ele chegou a recomeçou a dizer tudo, que não me amava mais, que era melhor cada um seguir sua vida, que ambos mereciam ir em busca da felicidade, e foi só derramando pessimismos e coisas ruins. Eu ouvi tudo que ele tinha a dizer e eu pedi desculpas a ele pela mulher que eu vinha sendo. Assumi diante dele minhas responsabilidades naquele casamento falido. Falei com amor e mansidão. E por fim disse a ele que meu coração não me pedia pra ir com ele no cartório e assinar aquele papel. Pedi a ele que procurasse um advogado e que desse entrada no litigioso, que eu não contestaria nada e que ele ia ganhar por revelia. Mas prometi a ele que se demorasse a sair, então eu iria assinar. Mas que ele tentasse primeiro o litigioso pra que eu não precisasse assinar nada com minhas mãos. Falado isso ele ficou em silencio, pensando, pensando, e por fim me pediu um abraço. Disse que estava muito confuso e me pediu que o ajudasse. Amadas, ali eu senti que Deus começava a quebrantar o coração do meu marido.

Da forma que aconteceu eu não suspeitei. Depois deste dia em que nos abraçamos o inimigo é claro não deixou barato. Ele já estava fora de casa havia uns três meses. Ele estava machucado. Ele começou a aparecer mais. Agente tinha intimidades, conforme aprendi através dos materiais. Fui carinhosa e paciente com ele. Ele começou a deixar algumas peças de roupa. Algumas coisas. E eu tentei não cobrar nada. Até que depois de umas três semanas assim ele voltou para nossa casa.


O livroComo Deus Pode e Vai Restaurar seu casamentofoi um divisor de águas. Como aprendi com este livro! Como ele sanou dúvidas e foi me abrindo os olhos pra tudo! Super recomendo ele pra todas as mulheres que estejam passando por alguma dificuldade em seu casamento.

Eu tenho interesse sim em fazer por outras mulheres o que Deus tem feito em minha vida. Jamais desistam do seu casamento. Ele é promessa e projeto de Deus pra sua vida. O inimigo tem lutado e atacado as famílias e temos que proteger a nossa. Por mais que a situação te diga não, olha pra Deus, pois Ele te diz sim, sim, sim. Agarre nas mãos do Senhor. Jamais entregue sua família nas mãos do inimigo. A vitória é certa, portanto não tenham medo. Deus é fiel!

~ Fabiola em Minas Gerais

 

Tome um momento para ler estes versos em diferentes versões, indo para 

Biblegateway.com

Leitura de Salmos e Provérbios

15° dia do mês:

Salmo 15, 45, 75, 105, 135, Provérbios 15

 

 

Deus fez alguma coisa por você que você queira e precise dar GLÓRIA a Ele? Então reserve um momento e submeta um RELATÓRIO DE LOUVOR. Encoraje nossas leitoras assim como você foi encorajada – e se torne uma verdadeira Mulher Encorajadora!

Apresentar um relatório de LOUVOR CLIQUE AQUI.


Se você ou alguém que você conhece experimentou um Casamento Restaurado, por favor, certifique-se de Enviar seu Testemunho de Casamento Restaurado para se tornar uma Mulher Encorajadora!
 

Será que você ou se a sua amiga gostaria de adicionar o nome à nossa lista de "Encorajamento Diário" enviado a você todas as manhãs, a partir de amanhã? 

Se assim for, se junte à nossa lista
 

Observação: Porque os nossos parceiros pagam o nosso serviço de newsletter, a cada mês que descartamos / removemos assinantes que não abrem e leem seu Encorajamento diariamente.

 



Se quiser ler os demais Encorajamentos enviados acesse o link: Arquivos de encorajamento

 
Copyright © 2014 RMIEW, All rights reserved.


remover o nome da lista    atualizar seu cadastro

Email Marketing Powered by Mailchimp