Copy
Março de 2016
Abrir no navegador

Olá, 

Estou compartilhando nessa edição as novidades da Fitoterapia as quais tive acesso! Temos Carta do Leitor, destaques no banco de dados, plantas cujo texto passaram por profunda revisão e dicas de leitura. 

Gostaria de agradecer aos amigos que estão "por perto" dando sugestões, oferecendo ajuda e sempre atentos as nossas publicações.

O newsletter continua, role a tela e boa leitura!

.
Abraços, Sérgio

Carta do Leitor

#1 Rosângela de Deus Camelier
Email: deusrm@gmail.com
Cidade: São Paulo (SP)

MSG: "Envio-lhe um pdf do melão-de-são-caetano. Dê uma olhadinha e veja o que acha. Grande abraço, Rosângela"

RE: Olá Rosângela. Confirmo recebimento. O texto é bom, estou aproveitando-o na revisão da página que temos sobre melão-de-são-caetano. Essa planta está relacionada na Farmacopeia Brasileira, tem ação comprovada como escabicida (contra sarna, pereba) e pediculicida (piolho).
#2 Valéria Guilhermina Santos Ferreira
E-mail: vgjf2011@gmail.com
Cidade: Juiz de Fora (MG)

MSG: "Oi Sergio, joinha? Muito bacana essa interação do público com o seu site, suas pesquisas e postagens. Mais legal ainda é perceber como estão abertos e atentos às conferências do conteúdo e você, por sua parte, simpático às revisões. Parabéns, um grande abraço! Ótima semana!"

RE: Olá Valéria, obrigado pelas palavras. Essa interação é muito importante. Sem os leitores atentos muita coisa pode "passar batido" e não gosto disso. 

#3 Rui Pesqueira
E-mail: pesqueirarui6@gmail.com
Cidade: Rio de Janeiro (RJ)

MSG: "Preciso fazer contato com pessoas que queiram vender ou trocar sementes em geral. Meus telefones são: (21) 99785-2489 / (21) 2502-7595"

RE: Olá Rui, grato pelo contato. Está dado o recado. Que tiver interesse em venda ou troca de sementes, procure pelos telefones ou acione o e-mail do amigo. 

#4 Sonia Bortolucci
E-mail: sonia.bortolucci@hotmail.com
Cidade: Barbacena (MG)

MSG: "Estou precisando de nomes de plantas usadas em repelente contra a dengue. Faço Curso de Farmácia e vamos ter uma mobilização nacional no próximo sábado. Gostaria de indicar as receitas. Grata, Sonia."

RE: Olá Sonia, tudo bem? Grato pelo contato. Eu tenho um material de pesquisa sobre a andiroba, dessa planta são feitas velas repelentes do mosquito. Posso sugerir também a borra do café, uma solução bem caseira. Para saber mais, veja os endereços abaixo. Abraços, Sergio.
#5 Silvana Nagai
E-mail: tabebuia.silvana@uol.com.br
Cidade: Campinas (SP)

MSG: "Sergio, gostaria de aproveitar a oportunidade e divulgar o nosso Tratamento de Feridas com Plantas Medicinais e Fitoterápicos. Temos 15 anos de experiência nesta área com excelentes resultados. Somos enfermeiras e docentes com formação em Fitoterapia e práticas complementares em saúde. Agradeço a atenção."

RE: Olá Silvana, está dado o recado. Quem tiver interesse em conhecer seu trabalho abra o folder da Clínica Curativa, localizada no Jardim Flamboyant (Campinas, SP).
#6 Ana Lúcia T. Lima Mota
E-mail: alucmota.usp@gmail.com
Cidade: São Paulo (SP)

MSG: Sérgio, seria legal colocar um símbolo quando a planta for comestível. Hoje em dia há um interesse culinário nessas plantas, que passaram a ser conhecidas por PANC (Planta Alimentícia Não Convencional), para compor sucos detox, culinária integrativa e natural. Como primeiro exemplo posso sugerir a Plectranthus amboinicus, popularmente conhecida por hortelã-graúdo, hortelã-do-norte".

RE: Olá Ana, sua sugestão é muito bem-vinda. Estou tomando providências para sinalizar as plantas comestíveis não convencionais, como já fazemos com as plantas da Farmacopeia Brasileira. Assim essas PANCs terão destaque.

Destaque em Nossas Plantas

Crua (Sicana odorifera), nativa do Brasil.
Arre-diabo (Cnidoscolus pubescens), pertence a um gênero exclusivo da América tropical.
Cravo-de-defunto (Tagetes erecta), considerada ícone da medicina tradicional mexicana.
Chegadinha (Aeollanthus suaveolens), planta medicinal contra doenças de pele, olhos e ouvidos.
Além dos destaques temos as descrições revisadas de: jurubeba, macadâmia, melão-de-são-caetano, gervão, hortelã-graúdo, ginseng, ginseng-brasileiro.

Notícias - Dicas de Leitura

 
  • Cursos a Distância, sob a coordenação do nosso colaborador Prof. Marcelo Rigotti: Homeopatia, Fitoterapia e Cultivo de Plantas Medicinais.
 
  • Espécies nativas da Mata Atlântica, pouco conhecidas, podem enriquecer a dieta da população brasileira e representar alternativa de renda.
 
  • Em seu artigo, nosso colaborador Alexandre Vendemiatti analisa o impacto do fotoperíodo no comportamento dos vegetais.
 
  • Testes realizados na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP aponta que o óleo de pequi é capaz de reduzir lesões pré-neoplásicas.

Dúvidas? Sugestões? Não hesite...clique!

Entre em contato
Copyright © 2016 Sergio R. Sigrist, All rights reserved.


Atualizar preferências | Cancelar assinatura

Email Marketing Powered by Mailchimp