Copy
Site | Facebook | Twitter | Instagram | YouTube 

Bem-vindo(a), <<Nome>>!

A contribuição do INTERACT para uma região


O Projeto INTERACT tem tido a preocupação de responder aos grandes desafios que se colocam ao setor agroflorestal no Norte do País. Sem dúvida que a resposta às alterações climáticas constituem um tema prioritário e, nesse sentido, as três linhas de investigação do Projeto procuram adquirir conhecimento das modificações que, aliás, já se podem quantificar e, ainda, das previsões para cenários de médio e longo prazo e das consequências nas culturas.

O INTERACT tem utilizado modelos atmosféricos regionais testados que permitem fazer o downscalling para áreas particulares e permitem realizar a monitorização das condições atmosféricas extremas com elevada precisão espacial. Mas onde a investigação pode fornecer elementos mais úteis aos agricultores reside precisamente em encontrar processos adaptativos das culturas no sentido de minimizar os problemas ao défice hídrico. 

É que no âmbito do projeto foram já detetadas alterações significativas no regime de precipitação o que tem permitido, por exemplo, mapear a suscetibilidade aos fogos rurais. Tal implica uma alteração profunda no ordenamento da floresta para a tornar mais resistente e resiliente, em função das ondas de calor previsíveis para a região, que irão aumentar a frequência de eventos atmosféricos e climáticos extremos e que são também fundamentais para conhecer a possível distribuição dos incêndios e a interação com as variáveis humanas e biofísicas, que também influem na distribuição dos incêndios, em particular no interface urbano-rural. 

Mas o previsível aumento dos picos de cheia pode igualmente conduzir a fenómenos graves, onde os processos erosivos e exportação de nutrientes adquirem especial significado, havendo a necessidade de evitar a contínua perda de solo e consequente desertificação. Um exemplo deste conhecimento traduziu-se na elaboração do “Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Tâmega e Sousa”, onde o Projeto INTERACT tem realizado um trabalho de grande importância. Além disso, a investigação realizada incide também nos efeitos que as alterações climáticas podem induzir na vinha. É que a alteração do clima de uma dada região afeta diretamente, e de forma muito significativa, o seu terroir, dado que o clima e as condições meteorológicas são fatores determinantes no desenvolvimento fisiológico da videira, com repercussões na quantidade e qualidade da uva produzida e, consequentemente, da identidade do vinho duma dada região. Nesta edição da newsletter, incluem-se algumas áreas de investigação que exemplificam a importância dada pelo INTERACT à questão das alterações climáticas no mundo rural

A elevada resolução espacial permitida pelos modelos utilizados e índices bioclimáticos estabelecidos tem permitido averiguar quais as áreas do Alto Douro Vinhateiro mais suscetíveis a perturbações. Mas o INTERACT tem ido mais além e tem testado técnicas e materiais, em colaboração com alguns proprietários da região, e que podem diminuir os problemas do défice hídrico e da insolação excessiva.

Para já, têm-se obtido resultados promissores, o que permite encarar com otimismo o futuro da vinha no Douro. 
Rui Cortes
// Coordenador INTERACT

A Palavra ao Investigador

Até dezembro de 2019, os investigadores vão relatar tudo o que foi desenvolvido e as conclusões obtidas ao longo de todo o projeto INTERACT. 

Medidas de curto-prazo de adaptação da viticultura duriense às alterações climáticas: estudos fisiológicos


Em Portugal, de modo particular na Região Demarcada do Douro (RDD), a produção vinícola é um dos setores mais importantes, tanto a nível social, económico como cultural. No entanto, a produção nesta região tem estado muito vulnerável devido à elevada radiação e temperatura associada a períodos de seca severa, observados principalmente no período estival.  Numa perspetiva de alterações climáticas, prevê-se futuramente um agravamento destas condições.
Ana Gonçalves Luzio
// INTERACT

Microbioma da região demarcada do Douro e seu potencial adaptativo às alterações das condições climáticas


O impacto das alterações climáticas e das estratégias de mitigação foi avaliado no microbioma dos bagos/mostos e nas características dos vinhos obtidos das castas Touriga Nacional (TN) e Touriga Franca (TF), nos campos de ensaio de duas vinhas submetidas a condições climáticas contrastantes, Baixo Corgo (BC) e Douro Superior (DS), com dois sistemas de condução diferentes na casta TN (Guyot e Cordão) e com ou sem aplicação de caulino nas duas castas TN e TF.
Catarina Barbosa
// INTERACT
Arlete Mendes-Faia
// INTERACT
Ana Mendes Ferreira
// INTERACT

Medidas de gestão da vinha a curto prazo e os seus efeitos na qualidade do vinho


O stresse abiótico induz a produção e acumulação de ROS que originam danos no DNA e irregularidades na divisão celular, e consequentemente a redução da produção. No âmbito da Atividade 2.4 (linha VitalityWINE), efetuaram-se estudos citogenéticos e moleculares para analisar as consequências de vários stresses abióticos em diferentes castas.
José Lima-Brito
// INTERACT

Notícias

Investigadora INTERACT arrecada prémio em congresso

A investigadora Lia Dinis arrecadou um prémio no ICABS 2019, que decorreu em Creta, na Grécia.
"Creio que consegui chamar a atenção para a problemática dos efeitos das alterações climáticas na viticultura e para algumas medidas que visam mitigar esses efeitos”, referiu a investigadora. 

Saber mais >>
Impactos das alterações climáticas poderão ser “significativos em todo o país”

O investigador do projeto INTERACT Professor João Santos foi um dos intervenientes num artigo do jornal Público.
Na intervenção, apresentou a sua perspetiva sobre os “impactos que as alterações climáticas estão a ter na região do Douro, dando maior ênfase à agricultura e à viticultura em particular”.

Saber mais >>
INTERACT esteve no Summer Innovation Campus

O INTERACT foi um dos vários projetos da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro que marcaram presença no Innovation Market da segunda edição do Summer Innovation Campus.

Saber mais >>
ver este email no browser
2019, INTERACT


Quer fazer alterações à sua subscrição?
Pode alterar as suas preferências ou anular a sua subscrição.

Email Marketing Powered by Mailchimp